ONG de Brasília promove debate sobre Aids e preconceito

Farofinha Solidária é comercializada em Feira Botânica do Brasília Shopping
18 de outubro de 2013
Que tal esse presente de natal?
21 de novembro de 2013
Evento ocorre no dia 1º de dezembro, no Teatro do Brasília Shopping. Especialistas e artistas falam sobre o assunto.

Em comemoração ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, o Instituto Vida Positiva promove o debate “HIV/Aids e o preconceito”, marcado para as 19h do dia 1º de dezembro, no Teatro do Brasília Shopping. A entrada é gratuita.
Participam do debate a presidente do Instituto Vida Positiva, Vicky Tavares, a psicóloga Regina Cohen e o presidente do grupo Arco-Íris, Antonio Lisboa.
O evento contará ainda com as apresentações da cantora Célia Porto e do artista Di Plural. Por meio de uma sensível performance, Di Plural mostra ao público o drama vivido por uma mulher contaminada pelo marido com vírus HIV.
Há sete anos, a Vida Positiva assiste pessoas que vivem e convivem com HIV/Aids. Em 2013, na mobilização pelo Dia Mundial de Luta contra a Aids, a ONG está trabalhando com o tema “Diga não ao preconceito. Ele mata os sonhos do outro”.
“Os números mostram os avanços da medicina no controle da doença e na sobrevida dos portadores, mas não há como medir o preconceito. A Aids é uma doença muito ligada à culpa. A sociedade questiona isso e, muitas vezes, o portador leva essa carga com ele. É isso que queremos debater”, fala Vicky Tavares.
Outro aspecto da doença que será abordado diz respeito à contaminação de jovens de 17 a 20 anos. “Os jovens estão relaxando na prevenção. Reforçaremos esse ponto com a distribuição de panfletos explicativos e preservativos”, acrescenta Vicky.https://mail.google.com/mail/images/cleardot.gif

Farofinha
No debate, será comercializada a Farofinha Solidária, alimento caseiro preparado pela presidente do Instituto Vida Positiva. Parte do dinheiro arrecadado com a venda da farofa é aplicada nas ações da instituição.
Entre os sabores vendidos estão o tradicional (com cebola e manteiga), passas, castanha-do-pará e flocos de chocolate. Os preços variam de R$ 12 a R$ 20, o pote com meio quilo.
Quem for ao evento, pode comprar a farofinha na hora ou fazer encomendas para bufês e já para festas de fim de ano. No Natal e no Ano Novo, são preparados sabores especiais: nozes, castanha-de-caju, além da de flocos de chocolate e o lançamento do sabor misto.

Instituto Vida Positiva
O Instituto Vida Positiva nasceu em Brasília em meados 2006. A ONG funciona com o intuito de ajudar pessoas que vivem e convivem com o HIV/Aids a superar o preconceito e a discriminação. A luta contra o preconceito é diária, e o seu gesto pode ser decisivo para mais um sorriso, mais uma vitória. Ajude-nos a divulgar essa causa.
Conheça mais sobre o Instituto em nosso blog – http://www.vibracoespositivashiv.blogspot.com.br – e na nossa página do Facebook – http://www.facebook.com/vidapositivahiv .
Serviço:
Debate “HIV/Aids e o preconceito”
Data: 1º de dezembro (domingo)
Horário: 19h
Local: Teatro do Brasília Shopping
Entrada gratuita



Doações à Vida Positiva
Caixa Econômica Federal
Agência: 1041
Conta: 385-0
Operação: 003
CNPJ: 085686010001-07

Assessoria de imprensa da Vida Positiva
Rafaela Céo
(61) 8133.7443